Apil passa a integrar Conseleite do Rio Grande do Sul como membro efetivo

A Associação das Pequenas e Médias Indústrias de Laticínios do Rio Grande do Sul (Apil) é a mais nova entidade integrante do Conselho Paritário Produtores/Indústrias de Leite do Estado do Rio Grande do Sul (Conseleite/RS). A entrada da entidade foi aprovada pelos demais membros participantes. Até então, a Apil participava das reuniões como convidada e agora se torna membro efetivo do conselho a partir do ano de 2021. A confirmação foi feita em reunião nesta terça-feira, 27 de outubro, em encontro híbrido, sendo parte presencial na Farsul, em Porto Alegre (RS), e outra parte virtual. Para o assessor executivo da Apil, Osmar Redin, essa situação é muito importante para a associação já que a partir deste momento a entidade tem voz e voto. “Estávamos sendo convidados a participar. Pela importância da Apil éramos ouvido mas não tinhamos direito a voto. A partir de agora a Apil, a pedido da própria entidade, está participando do Conseleite como membro efetivo a partir da aprovação do conselho”, observa. Segundo o presidente do Conseleite, Rodrigo Rizzo, a participação da Apil não significa apenas aumentar a base de dados, dando maior abrangência e consistência ao processo como um todo, “mas, também, ampliar nossas forças em um momento importante do mercado para consolidar junto aos consumidores, por meio de ações conjuntas de marketing, a importância desse excelente produto à saúde humana”, destaca. O Conseleite é uma associação civil, regida por estatuto e regulamentos próprios, que reúne representantes de produtores rurais de leite do Estado e de indústrias de laticínios que processam a matéria-prima leite. Participam também a FecoAgro/RS, Gadolando, Farsul, Fetag/RS, Sindilat e Associação dos...
Apil participa de debate sobre reforma tributária

Apil participa de debate sobre reforma tributária

Os Impactos  da Reforma Tributária proposta pelo governo federal foram tema de debate durante reunião virtual convocada pelo Sindilat e realizada na sexta-feira, dia 16 de outubro, que contou com as presenças do vice-presidente da Apil, Humberto Brustolin, e do assessor executivo da entidade, Osmar Redin. Na oportunidade, foram debatidas as PECs 45 e 110, e a PL 3887 de 2020 que extingue o Pis/Pasep e Cofins, e cria a Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (CBS).  O diretor executivo da Associação Brasileira de Laticínios (Viva Lácteos) e consultor técnico da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Marcelo Martins, detalhou alguns aspectos da Reforma Tributária. Sobre a desoneração da cesta básica disse que os itens que a compõem devem ser sujeitos à alíquota zero como estão hoje e não isentos, além de ser necessário manter os produtores rurais como não contribuintes do IBS/CBS.  Martins também comentou sobre exportações, crédito presumido e o fato dos produtores contribuírem ou não com a CBS. Ressaltou ainda a importância da utilização de todos os créditos na aquisição de insumos e serviços e crédito presumido com alíquota que garanta a não cumulatividade na cadeia produtiva. De acordo com Redin, ao final da reunião ficou definido que em um novo encontro serão unificadas as posições do Rio Grande do Sul para serem trabalhadas junto aos parlamentares. “A reforma como está é bastante prejudicial à cadeia produtiva do leite”,...
Apil participa de inauguração de laboratório para testes de conformidade de ordenhadeiras mecânicas

Apil participa de inauguração de laboratório para testes de conformidade de ordenhadeiras mecânicas

A inauguração oficial do Laboratório para Testes de Ordenhadeiras Mecânicas (Labelo), uma parceria entre o Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas no Rio Grande do Sul, a Comissão das Indústrias de Equipamentos para a Pecuária de Leite do Simers e o Labelo contou com a presença do assessor executivo da Associação das Pequenas Indústrias de Laticínios do Rio Grande do Sul (Apil), Osmar Redin. A cerimônia ocorreu nesta quarta-feira, dia 14 de outubro, na Sala VIP do Prédio 41 da PUC, em Porto Alegre (RS), com outras representações da cadeia produtiva do leite como Farsul, Fetag e Sindilat. Conforme Redin, trata-se do primeiro laboratório credenciado em parceria com uma universidade no sentido de aferir a qualidade de equipamentos de sistema de ordenha.  O Labelo já é uma importante referência na América Latina pela excelência e diversidade de testes que realiza em relação à conformidade de equipamentos e tecnologias. A obtenção do “Selo Ciepel/Simers/Labelo” vai agregar valor às marcas das empresas, aos produtos aprovados e trazer mais segurança aos consumidores. O coordenador da Ciepel, Carlos Alberto Machado, afirmou durante o ato de inauguração que o laboratório e a materialização do Selo são um marco que transcende os aspectos técnicos, tecnológicos e os limites geográficos do Rio Grande do Sul. “Estamos diante de um momento divisor de águas para a cadeia produtiva do leite”, salientou. As empresas que tiverem interesse sobre o “Selo Ciepel/Simers/Labelo”, devem entrar em contato pelo telefone (51)3557-9700, ou pelo e-mail:rose@simers.com.br.  ...
Apil/RS fecha parceria com a Fispal Tec Digital Week

Apil/RS fecha parceria com a Fispal Tec Digital Week

A Associação das Pequenas Indústrias de Laticínios do Rio Grande do Sul (Apil/RS) firmou parceria com a Fispal Tec Digital Week. Trata-se de um evento digital que acontece entre os dias 6 e 9 de outubro e é dedicado à inovação, conteúdo em diversos formatos, webnars ao vivo, debates, salas temáticas de bate-papo e muito networking e negócios para profissionais que buscam se destacar no novo setor de alimentos, bebidas e embalagens. E tudo isso dentro de uma plataforma exclusiva com inteligência artificial, a Fispal TEC Xperience! Para saber mais sobre o evento acesse a página https://bit.ly/36DGXW4. As inscrições podem ser feitas pelo link https://bit.ly/33Bcmp3....
Extinção do IGL é aprovada em assembleia geral extraordinária

Extinção do IGL é aprovada em assembleia geral extraordinária

O assessor executivo da Associação das Pequenas Indústrias de Laticínios do Rio Grande do Sul (Apil/RS), Osmar Redin, participou nesta sexta-feira, 25 de setembro, da Assembleia Geral Extraordinária do Instituto Gaúcho do Leite (IGL). Na oportunidade foram aprovadas as contas contábil e financeira do Instituto no ano de 2020 até este momento. Ao mesmo tempo foi autorizada a extinção do IGL com a nomeação de um liquidante. Com esta decisão, a partir de agora será mantida a Entidade até a conclusão de sua extinção, apenas para os trâmites legais. De acordo com Redin, como já existe o Instituto Brasileiro do Leite (IBL), com diretoria constituída, possivelmente a nova entidade será contratada pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural para aplicação dos recursos do Fundoleite. O assessor executivo da Apil/RS destaca, ainda, que os laticínios que tiverem projetos em assistência técnica ou institucionais devem encaminhá-los ao Fundoleite na Secretaria da Agricultura, a fim de serem apreciados pelo Conselho Deliberativo. “Caso os projetos não passem por este Conselho, em 2021 os laticínios não poderão utilizar os recursos existentes no Fundoleite”,...

Apil dá as boas-vindas ao novo associado Dah Rê

Dah Rê – Agroindústria Konzen Ltda, localizada no município gaúcho de Cerro Largo, possui em sua linha de produção os seguintes ítens: queijo colonial, queijo mussarela, ricota, nata, iogurte, bebida láctea, doce de leite, manteiga e leite pasteurizado....
Globalfood e DSM lançam no mercado brasileiro a lactase Maxilact Smart

Globalfood e DSM lançam no mercado brasileiro a lactase Maxilact Smart

Atenta às demandas do mercado de produtos lácteos sem lactose, a DSM, líder mundial na produção de lactases, desenvolveu uma nova versão do produto. Trata-se da Maxilact Smart que é uma lactase de alta pureza e alta performance. Comparada às enzimas convencionais, ela reduz o tempo de hidrólise em 33%. O seu alto nível de pureza permite que a Maxilact Smart seja utilizada em produtos formulados, como fermentados (iogurte e bebidas lácteas), achocolatados, petit suisse e queijos, entre outros, além de garantir a inexistência de outras enzimas, como invertases, arilsulfatases, proteases e, principalmente, amilases. Tal nível de pureza garante, ainda, uma hidrólise mais rápida e um produto final de sabor limpo, capaz de manter sua textura e corpo, sem variações, durante todo o tempo de prateleira. As versões Maxilact Smart, para processos de pré-hidrólise e co-hidrólise, e Maxilact Smart Asseptic, para linhas contínuas de flex dose, oferecem flexibilidade aos clientes, pois atendem aos mais diversos produtos e processos. Mais informações:...

Fundoleite define novas ações para o desenvolvimento da pecuária leiteira

O assessor executivo da Apil/RS, Osmar Redin, representou a entidade na reunião do Conselho Deliberativo do Fundoleite ocorrida nesta quinta-feira, 10 de setembro, na Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR). Na oportunidade, foram definidos os percentuais do Fundo a serem aplicados em atividades para o desenvolvimento da pecuária leiteira gaúcha. De acordo com Redin, ficou definido que 70% do valor do Fundoleite será destinado para programas de assistência técnica, 20% para projetos especiais, incluindo projetos de organizações, e 10% para a administração que poderá ser feita por  uma empresa contratada ou pela própria Secretaria da Agricultura. Dentro destes 10% também serão custeados os valores do pagamento da  Universidade de Passo Fundo (UPF) referentes aos trabalhos para o Conseleite. “Para todas estas alterações foi proposto, inclusive, um decreto regulamentando as novas ações do Conselho Deliberativo do Fundo”, ressaltou. Definido prazo para apresentação de projetos  Redin informou, ainda, que os projetos para 2021 deverão ser encaminhados ao Fundoleite, na SEAPDR, até o final do próximo mês de outubro. “O Conselho irá analisar e aprovar os projetos que poderão ser aplicados no ano que vem”,...